TEM ÔNIBUS PARA CURITIBA!

Qualidade de vida e natureza

Ter a melhor qualidade de vida do país não é o único motivo pelo qual Curitiba pode se orgulhar. Na capital paranaense, modernidade e desenvolvimento caminho lado a lado com a preservação, razão pela qual a cidade tem um dos mais altos índices de áreas verdes do país: 52m2 por habitante, uma grande variedade de parques e bosques que fazem a alegria não só de quem mora na cidade como, também, de quem está apenas a passeio.

As possibilidades turísticas de Curitiba são amplas e satisfazem os mais diferentes gostos. A cidade é repleta de parques extensos, com muito verde, além de museus e prédios antigos, que contam a história das diferentes culturas imigrantes. Quem procura por agito também tem muito o que fazer por lá, com uma vida noturna bem diversa e animada. Tudo é interligado e facilmente acessível de ônibus, por causa do sistema de transporte inteligente de que Curitiba dispõe e do qual os curitibanos têm razão em se orgulhar. A linha especial agrada ainda mais aos turistas, parando em mais de 25 pontos de interesse.

Além da facilidade de locomoção por ônibus dentro da cidade, quem vem de fora chega à Cidade Sorriso tranquilamente através de uma das 35 empresas de ônibus que realizam o transporte estadual, interestadual ou internacional pela rodoviária de Curitiba.

blog-home-slider-display-curitiba


O que fazer por lá?

São muitos os cartões-postais de Curitiba que merecem uma visita. O Jardim Botânico é talvez o mais conhecido deles, com sua estufa em estrutura metálica que abriga muitas espécies da flora brasileira. Sua área tem também jardins franceses e uma mata quase intocada, que pode ser conhecida por trilhas. Entre os vários parques da cidade, o Tanguá merece a visita e o enorme Barigui é um convite a caminhadas às margens do lago.

O Centro Histórico pode ser explorado a pé e é um prato cheio para os amantes de cultura. A Praça Tiradentes, marco zero da cidade, que abriga a Catedral Basílica Nossa Senhora da Luz, é vizinha do Paço da Liberdade, um interessante centro cultural que funciona na antiga prefeitura. Caminhando também é possível esticar até o Mercado das Flores e a Praça Santos Andrade, com o Teatro Guaíra e o lindo prédio histórico da Universidade Federal do Paraná.

Outro cartão-postal símbolo de Curitiba é o museu Oscar Niemeyer, um espaço para passar uma tarde gostosa, seja curtindo o gramado ou apreciando as exposições temporárias que passam por lá. Igualmente imperdível é a Ópera de Arame, um clássico da capital paranaense.

Os imigrantes também deixaram sua marca na cidade. Vale a pena conhecer o Bosque Alemão, com seu pórtico que lembra a fachada de um palacete, e os memoriais ucraniano, polonês e árabe, além da Praça do Japão. E não dá para mencionar os imigrantes sem falar dos italianos, que têm um bairro na cidade, o Santa Felicidade, que é roteiro obrigatório para quem aprecia uma boa e farta experiência gastronômica.

 blog-home-slider-display-curitiba-oscarneimeyer


Quando ir

Curitiba é uma das capitais da Região Sul que registra as menores temperaturas do país, então se você gosta de frio, pode aproveitar especialmente o inverno, quando os termômetros costumam registrar cerca de 13 graus, podendo cair ainda mais durante a noite. Já para quem busca temperaturas mais agradáveis, a melhor época para curtir a capital parananese é entre os meses de março e maio, quando chove pouco e as temperaturas estão mais amenas.

Em março acontece o Festival de Teatro, que costuma lotar a cidade, razão pela qual é preciso comprar a passagem de ônibus e reservar lugar para ficar com antecedência. E para aqueles que viajam com crianças, uma boa opção é visitar Curitiba em dezembro, quando acontecem as apresentações de coral no Palácio Avenida e a cidade está especialmente decorada para o natal.

 

Onde ficar gastando pouco

A maior parte de hotéis de Curitiba fica em uma região entre o bairro Batel – área nobre da cidade – e o centro. O Batel é uma área bem localizada e bastante charmosa, e, justamente por isso, abriga os hotéis mais luxuosos. O turista que optar por ficar ali estará instalado próximo à Avenida Batel, com muitos restaurantes sofisticados e bares movimentados. A região também conta com opções bacanas de shopping, comércio e serviços.

Para quem pretende economizar, a melhor opção é se hospedar no centro da cidade. Quem fica por ali ainda tem a vantagem de acessar rapidamente a área histórica de Curitiba, além de estar bem próximo do Largo da Ordem, região histórica que concentra bares e restaurantes. Outra vantagem para o visitante é que o ônibus da linha turismo, que percorre os principais cartões-postais da cidade, sai justamente do centro.

 

Como chegar  

Construída anexa à ferroviária, a rodoviária de Curitiba fica em um ponto estratégico, bem perto de vários hotéis, e oferece diversos serviços e lojas muito úteis para os turistas que passam por ali diariamente em suas viagens de ônibus.

Mensalmente, entre saídas, chegadas e em trânsito, 24.500 ônibus e 680.000 passageiros passam pelo terminal rodoviário de Curitiba, que tem linhas intermunicipais, interestaduais e internacionais, gerando um fluxo de 930.000 pessoas todo mês. Para atender a seus usuários, a rodoferroviária dispõe de um posto de informações turísticas sediado dentro do terminal, além de serviços como cabeleireiro, restaurantes, farmácia, lanchonete, livraria, revistarias, lojas de artigos regionais, guarda-volumes e uma agência dos Correios, localizada no piso superior do Bloco Interestadual. Para mais informações, o telefone do terminal rodoviário é (41) 3320-3000.

Confira algumas das principais cidades do Brasil que têm viagens de ônibus diárias para Curitiba

Ônibus de São Paulo para Curitiba
O trajeto de 416,83km da maior cidade do país até Curitiba leva cerca de 6 horas e pode ser feito pela viação Itapemirim, viação Cometa, viação Eucatur e viação Penha. O valor da passagem varia de R$ 64 a R$ 159, de acordo com o tipo de ônibus, que pode ser convencional, executivo, semi-leito ou leito.

Ônibus de Campinas para Curitiba
São necessárias cerca de 8 horas e 30 minutos para percorrer os 481,54 km que separam a rodoviária de Campinas de Curitiba. A viagem pode ser feita com a viação Transpen ou com a viação Reunidas. O preço da passagem de ônibus varia de R$ 83 a R$ 140 (em ônibus convencional, executivo, semi-leito ou leito).

Ônibus de Porto Alegre para Curitiba
Os 739,54km que separam Porto Alegre de Curitiba são percorridos em aproximadamente 12 horas por ônibus da viação Penha e da viação Pluma. As passagens custam de R$ 116 a R$ 177 em ônibus convencionais, executivos ou leitos.

Ônibus do Rio de Janeiro para Curitiba
A viagem de ônibus da Cidade Maravilhosa até Curitiba percorre 837,9km e dura em média 13 horas. As passagens custam entre R$ 164 e R$ 272 de acordo com o tipo de ônibus, que pode ser da viação Itapemirim ou da viação Penha.

Ônibus de Guarapuava para Curitiba
A viagem da rodoviária de Guarapuava até a capital do Paraná leva cerca de 4 horas e percorre 256 km. O serviço é oferecido pela viação Princesa dos Campos e pela viação J Araújo, e a passagem custa de R$ 58 a R$ 107.

 

Por Mariana Yusim, uma das autoras do blog de viagens www.viajadora.com

Mariana Yusim é publicitária e, sempre que pode, dá um jeito de viajar. É daquelas que tem sempre dias de férias na manga, porque nunca sabe quando o bichinho da viagem pode atacar. Por causa dessa paixão, é uma das autoras do site de viagens Viajadora, que tem dicas de viagens divertidas para quem quer conhecer o mundo gastando pouco, mas sem passar aperto.

 

Sem respostas

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *